27/07/2019 às 07h33min - Atualizada em 27/07/2019 às 07h33min

Casal que utilizava dados de servidores do TJ é preso em Cajazeiras

Mário Gabriel dos Santos Queiroz e Lígia Moreira Pereira foram presos, nesta quinta-feira, 25, enquanto recebiam mercadorias compradas numa loja de móveis, utilizando documentos falsos em nome de servidores do Tribunal de Justiça (TJ-BA). 

Segundo a Polícia Civil, parte do material adquirido pela dupla foi recuperada pela polícia. A estimativa é que os golpes tenham causado prejuízos estimados em R$50 mil.

No imóvel ocupado por Mário e Lígia, no bairro de Cajazeiras VI, os policiais apreenderam documentos falsificados, entre eles um RG em nome de uma servidora do TJ, além de móveis e uma TV. Conforme o órgão, Mario já foi preso por homicídio e tentativa de feminicídio, já Lígia tem várias passagens por estelionato.

Os suspeitos foram detidos e se encontram à disposição da justiça.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual veículo de comunicação lhe mantém informado sobre o que acontece em Cajazeiras ?

6.6%
3.1%
3.6%
77.6%
9.1%