23/08/2019 às 10h28min - Atualizada em 23/08/2019 às 10h28min

Castelo Branco entre os bairros sob alto risco por proliferação do Aedes

Salvador está em alerta para possível epidemia de dengue, zika e chikungunya. O dado é do Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta quinta-feira (22), pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

O levantamento, realizado entre os dias 8 e 12 de julho, apontou que o Índice de Infestação Predial (IIP) no município se manteve estável em relação ao estudo anterior, divulgado em abril/2019, com o índice de 2,7%. Isso quer dizer que a cada 100 imóveis visitados, aproximadamente três apresentaram focos do mosquito.

Apesar do estado ser considerado de alerta, o novo LIRAa apontou que o número de bairros com alto risco de endemia (com indicador acima de 4%) reduziu de 39 para 28 bairros da cidade, o bairro de Castelo Branco está na lista da Secretaria Municipal de Saúde como sendo uma localidade de alto risco por proliferação do Aedes, veja os outros bairros;

Alto do Cabrito, Amaralina, Arenoso, Arraial do Retiro, Barreiras, Bela Vista do Lobato, Boa Vista do Lobato, Calabetão, Caminho das Árvores, Coutos, Dom Avelar, Fazenda Coutos, Itaigara, Itapuã, Lagoa da Paixão, Lobato, Mata Escura, Nordeste de Amaralina, Pituba, Plataforma, Rio Vermelho, Santo Inácio, São João do Cabrito, Sete de Abril, Tancredo Neves, Valéria e Vista Alegre.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual veículo de comunicação lhe mantém informado sobre o que acontece em Cajazeiras ?

6.1%
2.8%
3.6%
78.5%
8.9%