04/10/2019 às 05h57min - Atualizada em 04/10/2019 às 05h57min

Estudantes de Cajazeiras estudam a escravidão no Brasil em visita ao Arquivo Público

Jovens de diferentes idades, de quatro instituições de Cajazeiras, fazem visita ao Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB) do dia 7 a 10 de outubro, às 14h. A ação faz parte da Pré-Flin e pretende discutir documentos históricos do período da escravidão no Brasil. Na ocasião, os estudantes terão a oportunidade de conhecer mais sobre as revoltas históricas, estratégias de fuga, de resistência, celebrações e costumes das pessoas escravizadas nesse período.

 

Após o estudo dos arquivos históricos, será exibido o documentário A Última Abolição, que vai contar com a contribuição do historiador Leandro Assis para fazer a interlocução entre a dimensão histórica e o resultado desse processo de exploração e dominação na atualidade, a partir do trabalho e das relações sociais.

 

Segundo Walter Silva, diretor do CMB, o contato com os espaços de memória se constitui como exercício da nossa cidadania, na medida em que passamos a conhecer a nossa história. “A preservação da nossa história e memória contribui de diferentes maneiras para o desenvolvimento da sociedade, e para a difusão do conhecimento através da transposição didático-pedagógica”, diz.

 

Para a diretora do APEB, Teresa Matos, o que está em pauta é algo mais: uma prática que conjugue o lado técnico, com o cunho social da instituição. “Nossa intenção é atrair as pessoas de uma forma que compreendam o Arquivo não só como um espaço de preservação e difusão da memória histórica, mas, também, como lugar de produção de conhecimento e de lazer cultural”.

 

Cada dia será destinado a uma instituição. No dia 7, a visitação será com os alunos do Colégio Estadual Professor Nelson Barros; dia 8, com os estudantes do Centro Cultural Edson Souto; dia 9, com o Colégio Estadual Ana Bernardes e dia 10, com os jovens do Colégio Estadual Santa Rita de Cássia.

 

Leia e Passe Adiante — Ao final de cada atividade, a Diretoria de Livro e Leitura (DLL), vai distribuir 20 livros, que incluem obras dos gêneros ensaio, poesia e romance, como forma de incentivar à leitura. Segundo a diretora da Diretoria de Livro e Leitura (DLL), Bárbara Falcón, a ideia do projeto é ter ações que, além de estimularem a leitura, também promovam a circulação de livros através de doações e arrecadações.

 

Pré-Flin – Até novembro, a Pré-Flin promove diversas atividades junto à comunidade local. Em outubro, ocorrem bate-papos e atividades educativas com crianças e adolescentes das escolas estaduais da região; oficina de poema-cartaz e Campanha Leia e Passe Adiante, com distribuição de livros nas escolas. Além do aulão pré-ENEM sobre a História da Bahia na História do Brasil para jovens pré-vestibulandos.

 

Flin – O Festival Nacional Literário (Flin): Diversas Leituras & Novos Caminhos é um projeto do Governo do Estado da Bahia, executado através da Secretaria de Cultura (SecultBA) e coordenado pela Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA). O Flin conta com a parceria das secretarias de Administração (SAEB); de Comunicação (SECOM); de Educação (SEC); de Meio Ambiente (SEMA); de Saúde (SESAB); de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE); de Políticas para as Mulheres (SPM); de Promoção da Igualdade Social (SEPROMI); de Tecnologia e Ciência (SECTI) e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), além da Bahiatursa, do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e da Fundação Cultural (FUNCEB).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual veículo de comunicação lhe mantém informado sobre o que acontece em Cajazeiras ?

7.1%
3.3%
3.7%
76.8%
9.1%